Lançamento do livro: Contra as Secas: Técnica, Natureza e Território – HCUrb

O Grupo de Pesquisa História da Cidade, do Território e do Urbanismo (HCUrb, Depto de Arquitetura, UFRN), a Cooperativa Cultural Universitária do RN, a Editora Letra Capital e o Observatório das Metrópoles convidam V. Sa. para o lançamento do livro Contra as Secas: Técnica, Natureza e Território.

Fruto de mais de 10 anos de trabalho em torno de um dos principais eixos de pesquisa do HCUrb, cruzando os campos temáticos da história urbana, do urbanismo, da arquitetura e a problemática das secas no Brasil, o livro versa sobre uma inquietação que se impôs ao Grupo como um desafio incontornável para “as pesquisas e discussões sobre os ciclos de modernização urbana desde fins do século XIX quanto para as que tratam da construção das chamadas questões nacionais e da Cultura Técnica moderna no país.”

Este lançamento marca o início das comemorações pelos 20 anos de atividades do Grupo, que desde 1998 – sob coordenação da professora Angela Lúcia Ferreira –, construiu uma série de estudos, reflexões e contribuições quanto à formação do território de Natal, do Rio Grande do Norte e do Nordeste; a circulação e usos dos saberes técnicos da engenharia, arquitetura e urbanismo no Brasil; e a produção material e simbólica de nossas cidades, suas estruturas e paisagens.

Para conversar sobre o livro, contaremos com a presença de:

Profa. Maria Do Livramento Miranda Clementino – Departamento de Políticas Públicas

Deputado Estadual Fernando Mineiro – Professor da Rede Estadual de Ensino

Profa. Wani Fernandes Pereira – Cooperativa Cultural – Vice-Presidente

Cordialmente

Os autores

 

LOCAL:

Galeria Conviv’Art, Centro de Convivência do Campus Central da UFRN

Dia 07 de junho de 2018, 16h30.

 

SUMÁRIO DO LIVRO

Apresentação: a questão secular do combate às secas – Maria Lucia Caira Gitahy

Introdução: dos caminhos e das pesquisas sobre a técnica, a natureza e o território – Angela Lúcia Ferreira, George Alexandre Ferreira Dantas e Yuri Simonini

 

Parte I: A PROBLEMATIZAÇÃO DAS SECAS E DO SERTÃO

1. Adentrando os sertões: palavras, limites e territórios (das secas)

George Alexandre Ferreira Dantas, Angela Lúcia Ferreira e Hélio Takashi Maciel de Farias

2. Uma paisagem impressionadora: geografias da seca

Paulo José Lisboa Nobre

3. A delimitação das secas como problema técnico

George Alexandre Ferreira Dantas, Angela Lúcia Ferreira e Hélio Takashi Maciel de Farias

Parte II: A CONSTRUÇÃO DO TERRITÓRIO DAS SECAS

4. Do bico de pena ao Blueprint: a formação da Cultura Técnica no Brasil e as secas do Nordeste (1874-1933)

Anna Rachel Baracho Eduardo Julianelli e Yuri Simonini

5. A construção do território das secas: as vias férreas de comunicação no Rio Grande do Norte (1880-1950)

Gabriel Leopoldino Paulo de Medeiros

6. A construção do território das secas: as obras de açudagem (1877-1970)

Adriano Wagner da Silva

7. Disciplinar conhecimentos e regulamentar soluções: a construção dos códigos de Águas e Florestal

Paulo José Lisboa Nobre

8. As secas e a ordenação do território do Nordeste (1919-1959)

Hélio Takashi Maciel de Farias

Parte III: CARTOGRAFIAS DO SERTÃO

9. Representações para domínio do conhecimento e do território: a produção cartográfica da Inspetoria de Obras Contra as Secas (1910-1915)

Angela Lúcia Ferreira, Désio Rodrigo da Rocha Silva e Yuri Simonini

10. “A verdadeira natureza da caatinga”: uma análise do mapa botânico do estado do Ceará e as ações da Inspetoria de Obras Contra as Secas (1909-1910)

Yuri Simonini, Adielson Pereira da Silva e Angela Lúcia Ferreira

11. A Inspetoria de Obras Contra as Secas e o mapa da transposição do Rio São Francisco (1909-1913)

Adielson Pereira da Silva, Angela Lúcia Ferreira e Désio Rodrigo da Rocha Silva

À guisa de conclusão: em torno da cultura e da dimensão técnicas

George Alexandre Ferreira Dantas e Angela Lúcia Ferreira

Informações acerca da trajetória dos profissionais mencionados

Notícia cadastrada em 05/06/2018