Sobre o Centro de Tecnologia

ctO Centro de Tecnologia da UFRN surgiu inicialmente como Escola de Engenharia da Universidade do Rio Grande do Norte. Com a promulgação do decreto lei de nº 47.438, no dia 15 de dezembro de 1959 o primeiro curso de Engenharia Civil do Estado foi fundado. A preocupação do governador Dinarte de Medeiros Mariz, no ano de 1957 sobre o pequeno número de engenheiros no RN foi o fato propulsor para a criação de uma escola de engenharia no Estado.

Anos mais tarde, mais precisamente em 1973, o Centro de Tecnologia surge como uma sobreposição à Escola de Engenharia, devido à reformulação estrutural que ocorreu no ensino universitário do Brasil nesse período. Com a nova estrutura, o Centro abrangia os cursos de Engenharia Civil, Engenharia Elétrica, Engenharia Química, Engenharia Mecânica, Arquitetura e Urbanismo e de tecnólogos em Indústria Têxtil, Administração Rural e Cooperativismo, que tinham a duração de três anos.

Em 1988, o CT já contava com seis departamentos, sendo estes de Agropecuária, Arquitetura, Engenharia Civil, Engenharia Elétrica, Engenharia Química e Engenharia Mecânica. Oito coordenadorias de graduação, sendo estas de Arquitetura e Urbanismo, Cooperativismo, Engenharia Civil, Engenharia Elétrica, Engenharia Química, Engenharia Mecânica, Zootecnia e Tecnologia Têxtil, além de pós-graduação em Engenharia Química, Engenharia Mecânica, Engenharia Elétrica e ainda o Núcleo de Tecnologia, formado por 29 laboratórios e 3 oficinas.

Acompanhando as novas tecnologias e tendências mundiais, os cursos de Engenharia de Computação, Engenharia de Produção, Engenharia de Materiais e Engenharia Têxtil foram criados no ano de 1995. E para inserir cada vez mais o Estado na área da tecnologia e da ciência, cursos de pós-graduação em Engenharia de Saneamento, Arquitetura e Engenharia de Produção também foram fundados no mesmo ano.

Atualmente o CT está estruturado em 12 departamentos, sendo estes de Arquitetura e Urbanismo, Engenharia Biomédica, Engenharia Civil, Engenharia de Computação e Automação, Engenharia de Comunicações, Engenharia Elétrica, Engenharia de Materiais, Engenharia Mecânica, Engenharia do Petróleo, Engenharia de Produção, Engenharia Química e Engenharia Têxtil. Ao todo o Centro coordena 15 cursos de graduação, com diversas bases de pesquisa e projetos de extensão, além de 7 programas de pós-graduação.