PPGEM divulga processo seletivo para mestrado

Notícia publicada em 5/10/2023Oportunidades
Gabrielly Venceslau de Agecom/UFRN

O Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica da UFRN (PPGEM), vinculado ao Centro de Tecnologia (CT/UFRN), divulgou o edital do processo seletivo para o curso de mestrado em Engenharia Mecânica com ingresso no semestre de 2024.1. As inscrições podem ser feitas até o dia 26 de janeiro de 2024, via Sigaa. O acesso ao Sigaa deverá ser feito pelo Sistema Federal, por meio do gov.br. Além disso, os candidatos precisam enviar em formato PDF os documentos especificados no item 5.9 do edital. 

No total, estão sendo oferecidas 24 vagas, sendo 20 destinadas para ampla concorrência; duas ao atendimento de pessoas pretas, pardas ou indígenas; e duas vagas para pessoas com deficiência (PCD). Para se candidatar ao mestrado, é necessário que os candidatos tenham diploma de nível superior. O interessado que ainda não tenha recebido o diploma poderá, em substituição, anexar declaração da instituição à qual o candidato está vinculado.

Os temas de dissertação de mestrado devem estar enquadrados nas áreas de concentração do programa, que são: Projeto e Manufatura; e Energia, Meio Ambiente e Fenômenos de Transporte. A seleção para o mestrado será realizada em cinco etapas: homologação das inscrições solicitadas, prova de conhecimentos específicos (presencial), análise do currículo vitae, rendimento acadêmico e proficiência em língua inglesa, heteroidentificação e resultado final.

O resultado de cada etapa do processo seletivo será inserido na área do candidato pela página eletrônica do processo seletivo no Sigaa em documento PDF, sendo divulgado por meio de notícia e estará disponível, ainda, na página oficial do Programa. O cronograma completo com as datas pode ser consultado no edital.

O Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica da UFRN iniciou suas atividades em 1983 oferecendo o curso de mestrado. Em 35 anos de atuação o PPGEM já formou mais de 500 mestres e 102 doutores. Em 2017, o PPGEM foi reestruturado e implementou um novo projeto pedagógico. Com novos professores credenciados, o Programa teve seu corpo docente ampliado.

VEJA TAMBÉM